Flacidez?! Pegue ela antes que ela te pegue!

É bem verdade que mais cedo ou mais tarde esta bendita (para não dizer maldita!) acaba querendo fazer parte da nossa pele e nossas vidas.

 

Mas como mulheres prevenidas que somos não vamos deixar que ela se aproxime.

 

Existe dois tipos de flacidez: a de pele (cutânea ou tissular) e a muscular.

 

A flacidez de pele é caracterizada por uma frouxidão no tecido e surge por vários motivos, como excesso de sol, gravidez, efeito sanfona e o próprio envelhecimento natural, que geralmente começa após os 30 anos. Já a do músculo surge principalmente pela falta de atividade física, além da passagem do tempo.

 

Os dois tipos podem ocorrer juntos ou separados por isso uma avaliação deve ser feita de forma detalhada, pois para cada uma existe um tratamento específico.

 

Corrente Russa:

 

A corrente russa é uma excelente coadjuvante para o tratamento de flacidez muscular. Esse equipamento faz contração muscular ativa, conseguindo selecionar de forma específica o músculo e as fibras responsáveis pela definição muscular.

 

Excelente escolha para aquelas regiões difícieis de trabalhar na academia como parte interna da coxa.

 

Pode ser realizada pós parto transmitindo resultados incríveis tratando inclusive a diástase (afastamento) dos músculos abdominais.

 

No quesito pele a radiofrequência e a carboxterapia são os melhores métodos disponíveis no mercado.

 

Radiofrequência:

 

A radiofrequência atua através do aumento da temperatura local causando um reflexo de defesa da pele onde uma proteína é liberada fazendo com que haja contração do colágeno (proteína mais abundante da pele) como forma de proteção.

 

Pode ser feita no bumbum, joelhos, braços, abdômen e coxas.

 

São indicadas em média dez sessões, uma vez por semana. O resultado aparece após a quarta. Ela é bastante indicada para tratamento de manutenção quando realizada 1X por mês.

 

Carboxterapia:

 

A carboxiterapia promove aumento de fluxo sanguíneo local e da oferta de O2 ao tecido dérmico. Além disso, a distensão mecânica promovida pelo gás injetado também estimula o processo de reparo e regeneração tecidual com aumento da atividade dos fibroblastos para melhor reestruturação da pele.

O uso de cápsulas que contenham colágeno e vitaminas essenciais para estimular a produção de componentes firmantes são otimos parceiros nos tratamentos desde que bem prescritos por um nutricionista levando consideração o balanço nutricional e o peso do cliente.

 

O uso de cremes para flacidez não esta bem definido cientificamente. A culpa disso é a dificuldade que os mesmo tem de penetrar na pele. Mesmo assim eles servem para hidratar a pele, melhorando sua textura e elasticidade o que previne a flacidez.

 

Cuide-se você também, passe uma perna na flacidez afinal, nesse quesito, o melhor tratamento sempre é a prevenção!

 

Com carinho,

 

Olga Vieira

2 respostas
    • Camila Rodrigues
      Camila Rodrigues says:

      Olá Cleciane, temos o maior prazer em te receber. Aqui na Stetic Class contamos com diversos tratamentos para flacidez. Nossa avaliação é gratuita.

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.